sábado, 30 de outubro de 2010

Um dia, um anjo passou por mim...

No início da minha vida profissional, senti-me atraído em tratar crianças, me entusiasmei com a oncologia infantil. Tinha, e tenho ainda hoje, um carinho muito grande por crianças. Elas nos enternecem e nos surpreendem como suas maneiras simples e diretas de ver o mundo, sem meias verdades.

Nós médicos somos treinados para nos sentirmos "deuses". Só que não o somos! Não acho o sentimento de onipotência de todo ruim, se bem dosado. É este sentimento que nos impulsiona, que nos ajuda a vencer desafios, a se rebelar contra a morte e a tentar ir sempre mais além. Se mal dosado, porém, este sentimento será de arrogância e prepotência, o que não é bom. Quando perdemos um paciente, voltamos à planície, experimentamos o fracasso e os limites que a ciência nos
impõe e entendemos que não somos deuses. Somos forçados a reconhecer nossos limites!
Recordo-me com emoção do Hospital do Câncer de Pernambuco, onde dei meus primeiros passos como profissional. Nesse hospital, comecei a freqüentar a enfermaria infantil, e a me apaixonar pela oncopediatria. Mas também comecei a vivenciar os dramas dos meus pacientes, particularmente os das crianças, que via como vítimas inocentes desta terrível doença que é o câncer.
Com o nascimento da minha primeira filha, comecei a me acovardar ao ver o sofrimento destas crianças. Até o dia em que um anjo passou por mim.
Meu anjo veio na forma de uma criança já com 11 anos, calejada porém por 2 longos anos de tratamentos os mais diversos, hospitais, exames, manipulações, injeções, e todos os desconfortos trazidos pelos programas de quimioterapias e radioterapia.
Mas nunca vi meu anjo fraquejar. Já a vi chorar sim, muitas vezes, mas não via fraqueza em seu choro. Via medo em seus olhinhos algumas vezes, e isto é humano! Mas via confiança e determinação. Ela entregava o bracinho à enfermeira, e com uma lágrima nos olhos dizia: faça tia, é preciso para eu ficar boa.
Um dia, cheguei ao hospital de manhã cedinho e encontrei meu anjo sozinho no quarto. Perguntei pela mãe. E comecei a ouvir uma resposta que ainda hoje não consigo contar sem vivenciar profunda emoção.
Meu anjo respondeu:
- Tio, disse-me ela, às vezes minha mãe sai do quarto para chorar escondido nos corredores. Quando eu morrer, acho que ela vai ficar com muita saudade de mim. Mas eu não tenho medo de morrer, tio. Eu não nasci para esta vida!
Pensando no que a morte representava para crianças, que assistem seus heróis morrerem e ressuscitarem nos seriados e filmes,
indaguei:
- E o que morte representa para você, minha querida?
- Olha tio, quando agente é pequena, às vezes, vamos dormir na cama do nosso pai e no outro dia acordamos no nosso quarto, em nossa própria cama não é?
(Lembrei minhas filhas, na época crianças de 6 e 2 anos, costumavam dormir no meu quarto e após dormirem eu procedia exatamente assim.)
- É isso mesmo, e então?
- Vou explicar o que acontece, continuou ela: Quando nós dormimos, nosso pai vem e nos leva nos braços para o nosso quarto, para nossa cama, não é?
- É isso mesmo querida, você é muito esperta!
- Olha tio, eu não nasci para esta vida! Um dia eu vou dormir e o meu Pai vem me buscar. Vou acordar na casa Dele, na minha vida verdadeira!
Fiquei "entupigaitado". Boquiaberto, não sabia o que dizer. Chocado com o pensamento deste anjinho, com a maturidade que o sofrimento acelerou, com a visão e grande espiritualidade desta criança, fiquei parado, sem ação.
- E minha mãe vai ficar com muitas saudades minha, emendou ela.
Emocionado, travado na garganta, contendo uma lágrima e um soluço, perguntei ao meu anjo: - E o que saudade significa para você, minha querida?
- Não sabe não tio? Saudade é o amor que fica!
Hoje, aos 53 anos de idade, desafio qualquer um dar uma definição melhor, mais direta e mais simples para a palavra saudade: é o amor que fica!
Um anjo passou por mim...
Foi enviado para me dizer que existe muito mais entre o céu e a terra, do que nos permitimos enxergar. Que geralmente, absolutilizamos tudo que é relativo (carros novos, casas, roupas de grife, jóias) enquanto relativizamos a única coisa absoluta que temos, nossa transcendência.
Meu anjinho já se foi, há longos anos. Mas me deixou uma grande lição, vindo de alguém que jamais pensei, por ser criança e portadora de grave doença, e a quem nunca mais esqueci. Deixou uma lição que ajudou a melhorar a minha vida, a tentar ser mais humano e carinhoso com meus doentes, a repensar meus valores.
Hoje, quando a noite chega e o céu está limpo, vejo uma linda estrela a quem chamo "meu anjo, que brilha e resplandece no céu. Imagino ser ela, fulgurante em sua nova e eterna casa.
Obrigado anjinho, pela vida bonita que teve, pelas lições que ensinastes, pela ajuda que me destes.
Que bom que existe saudades! O amor que ficou é eterno.
Rogério Brandão
Médico oncologista clinico
RC Recife Boa Vista D4500
Cremepe 5758"

Fonte: http://ceciliacastro.multiply.com/reviews/item/376

Foto: www.lufavero.com.br

--------------------------------------------------------------------------

Recebi por email essa linda mensagem...

Quando fui pesquisar no Google vi que muitos blogs já divulgaram...

Mas não poderia faltar aqui no cantinho do burro...

Afinal é de emocionar qualquer pessoa a linda definição de Saudade...

Já senti muita saudade na minha vida...

Nessa minha vida de cigana sempre o meu amor ficou em algum lugar...

Mas o melhor é quando a gente literalmente “mata a saudade”...

E eu matei tantas e quando lembro até hoje sinto aquele frio na barriga do reencontro...

Prefiro sentir saudade pois afinal é o amor que ficou...

terça-feira, 26 de outubro de 2010

EXTRAORDINÁRIO

Imagina o filho de um Pastor nascer sem braços e pernas!

Conforme o relato do Nick a igreja ficou de luto e todos se perguntavam: “Por que Deus permitiu que o filho do pastor nascesse desse jeito?

Mas Nick também se perguntava sobre os motivos dele nascer daquela forma e chegou a desafiar Deus!

Ele disse: “Deus eu sou um pecador. Eu te conheço. E sei que provavelmente não terei paz até que você esteja no meu coração. Mas eu não vou deixar você entrar no meu coração, até você me responder... Por quê? Por que você não me deu o que todo mundo tem? ”

Nick chegou a tentar cometer o maior crime, contra si mesmo, que é querer partir sem ser chamado pelo Pai....

Até que ele leu uma reportagem sobre um deficiente e refletiu: “Eu tinha uma escolha entre estar com raiva de Deus, por aquilo que eu não tenho, ou ser grato por aquilo que eu tenho.”

Diz ainda: “Foi quando eu comecei a ver que não há nenhum ponto completo do lado de fora quando você está incompleto por dentro. Descobri que Deus pode curá-lo, sem mudar sua circunstância...”

A resposta que ele obteve de Deus foi a seguinte: “Vocë confia em mim?

Nick respondeu que SIM e passou a seguir o exemplo do Nosso Irmão Maior, e passou a se fortalecer em sua fé....

“É tão difícil ser forte quando as pessoas sempre dizem: “Você não é bom o suficiente. Vá embora. Nick não pode fazer isso, não pode fazer aquilo... Eu não sou um homem sem braço e pernas, eu sou um filho de Deus... Eu não sou nada além de servo do mais alto Deus... Deus vive em mim... “

E para finalizar a grande lição de hoje ele diz: “Não desista de Deus , porque Deus não desistirá de você...”

Fonte”: http://www.youtube.com/watch?v=OCYhxy5nigs&feature=related

Foto: http://www.belemcrentes.com.br/conteudo.php?idconteudo=112

------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Fiquei agora sem palavras para comentar sobre o nosso querido irmão Extraordinário!!!

Procuramos tanto a nossa felicidade nas coisas materiais e sentimentais...

Criando expectativas em ralação ao nosso próximo, que muitas vezes não serão atendidas....

Que a verdadeira paz, harmonia e felicidade iremos encontrar no nosso interior...

Na fé que nos faz sentir o Nosso Pai Maior bem pertinho...

Ë refletir sobre o qual a nossa missão aqui no planeta Terra...

Continuaremos a ser aquele “turista da vida” que insiste em viver dentro de nós?

Ou vamos seguir a centelha divina que existe dentro de cada um nos chamando para o despertar?

Será que só o sofrimento será capaz de nos arrebatar? Nos transformar? Nos acordar? Nos ???

O vídeo abaixo é um alento para as nossas dores de todas as ordens! Escutar o Nick falar faz você se sentir sem braços e pernas úteis ao trabalho do Pai!

Obriga Nick pelo exemplo de fé, coragem, determinação, esperança...

sábado, 23 de outubro de 2010

TODA MULHER

Toda mulher deve ser amada
No dia-a-dia conquistada
No ser mãe endeusada
Na cama desejada
Na boca beijada
Na alegria multiplicada
No lar compartilhada
No seu dia festejada
Na tristeza consolada
Na queda levantada
Na luta encorajada
No trabalho motivada
No aniversário presenteada
Na alma massageada
Na beleza admirada
Na dificuldade ajudada
No cangote bem cheirada
Na vida abençoada
No mundo inteiro respeitada
E sempre que possível... abraçada.

Bruno Bezerra

Fonte: http://www.pensador.info/frase/MzMwNjk/

Foto: http://anamgs.blogspot.com/2009_10_01_archive.html

----------------------------------------------------------------------------------------------

Bruno meu filho!!! Você é mais que um poeta! Que nada de Obama ou Lula, você é que é o Cara!!! kkk

Vocë descreveu tudo que gostaria de ter...

Adorei a do cangote bem cheirada...

Um cheiro no cangote é tudo de bom...

Sentir a pessoa ao teu lado a te admirar, tocando em você com vontade, prazer...

Sentir o coração cheio de tantos sentimentos acalentadores...

Alguns chamam de Paixão! Mas que o negócio é gostoso não podemos negar...

Já pensou ser amada, conquistada, endeusada, desejada, beijada, admirada....

E ainda sempre que possível abraçada é a "perfeição da natureza" como diz minha amiga...

Que o Nosso Pai de amor e bondade toque os nossos corações para demonstrarmos o nosso amor pelas pessoas...

Abaixo um vídeo para completar a poesia que diz assim: “Uma mulher tem seus desejos loucos! Mas no fundo seu coração só quer as coisas mais simples do mundo! Espera um homem de verdade”

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

O AMOR NÃO MORRE!

O amor não morre. Ele se cansa muitas vezes. Ele se refugia em algum recanto da alma tentando se esconder do tédio que mata os relacionamentos.
Não é preciso confundir fadiga com desamor. O amor ama. Quem ama, ama sempre. O que desaparece é a musicalidade do sentimento. A causa? O cotidiano, o fazer as mesmas coisas, o fato de não haver mais mistérios, de não haver mais como surpreender o outro. São as mesmices: mesmos carinhos, mesmas palavras, mesmas horas... o outro já sabe!
Falta magia. Falta o inesperado.
O fato de não se ter mais nada a conquistar mostra o fim do caminho. Nada mais a fazer. Muitas pessoas se acomodam e tentam se concentrar em outras coisas, atividades que muitas vezes não têm nada a ver com relacionamentos. Outras procuram aventuras. Elas querem, a todo custo, se redescobrir vivas; querem reencontrar o que julgam perdido: o prazer da paixão, o susto do coração batendo apressado diante de alguém, o sono perdido em sonhos intermináveis e desejos infindos.
Não é possível uma vida sem amor. Ou com amor adormecido.
Se você ama alguém, desperte o amor que dorme! Vez ou outra, faça algo extraordinário. Faça loucuras, compre flores, ofereça um jantar, ponha um novo perfume...
Não permita que o amor durma enquanto você está acordado sem saber o que fazer da vida. Reconquiste! Acredite: reconquistar é uma tarefa muito mais árdua do que conquistar, pois vai exigir um esforço muito maior. Mas... sabe de uma coisa? Vale a pena! Vale muito a pena!
Fonte: http://www.leticiathompson.net/O_amor_nao_morre.htm
-----------------------------------------------------------------------------------------
Nossa!!! Que bom saber que o amor não acaba...
Mas que triste é reconhecer que cuidamos muito mal dos nossos relacionamentos...
Eu ando numa fase um pouco reflexiva e tenho me perguntado se alguma vez na minha vida eu realmente amei meus mestres (namorados e afins)...
Não vou dizer que não sofri por amor...
Mas sempre tive muita facilidade de me afastar das pessoas...
Sempre usei um dilema: “Se você não me quer? Não tem problema, pois tem quem queira....”
E assim fui dispensando os sapos, ou malas como melhor queiram chamar e ficando com os príncipes...
Mas o pior é quando me sentia enganada pelos príncipes que viravam sapos...kkk
Não sei o que é melhor? Se é ficar com o sapo que já conhecemos e não ter esperanças de melhoras ou ficar com um príncipe que só depois vai demonstrando a sua verdadeira espécie...
Estou no meu segundo casamento e tenho tentado não deixar o amor esfriar ou como diz a Letícia: “se esconder” por aí... (vai que depois eu não acho!!!kkk)
Que possamos refletir e lembrar daqueles beijos, abraços e momentos de alegria para saber que o amor é o que temos de melhor para oferecer....
Mas não perca de assistir ao vídeo abaixo e veja como um príncipe vira sapo em poucos segundos... kkk

domingo, 17 de outubro de 2010

AUTODESTRUIÇÃO

Em uma entrevista ao fantástico o ator Fábio Assunção falou sobre a sua doença. A primeira pergunta do vídeo abaixo é a seguinte:
- Por que o Fábio Assunção esse cara bonito, bem sucedido, famoso, querido por tantas pessoas acabou sendo atraído por drogas?
- Eu acho que o espírito da gente não esta muito interessado se você tem tudo se você não tem tudo, se você faz sucesso. Eu fui brincar com uma coisa que eu não tinha dimensão do quão perigosa ela é, entendeu? Eu acho que a gente tem um lado às vezes autodestrutivo mesmo...
Tem outra parte que gostaria de citar é quando ele diz:
- Marcar meus compromissos e estar lá é um sentimento de vitória sabe, poxa eu estou conseguindo...
Em outra parte ele diz:
- Eu não quero voltar para o inferno que era minha vida antes...
Realmente deve ser um inferno perder o controle da sua vida! Adquirir uma doença para o resto da sua existência que te faz a cada dia ter que superar o desejo, a vontade de fugir da realidade!
Essa entrevista tem completa no youtube e quem não assistiu é um bom aprendizado...
------------------------------------------------------------------------------------------
Quantas vezes em nossas vidas nos autodestruímos?
Seja usando drogas, com relacionamentos fracassados, não cuidando da nossa saúde, nos alimentando mal...
Existem pessoas que tem complexo de Gabriela: “ Eu nasci assim, eu cresci assim e sou mesmo assim...
Insistem nos erros, nos defeitos, continuam seguindo padrões psicológicos incutidos que só lhe trazem infelicidades...
Por tudo sofrem demais, chegando à tolice de pensar em acabar com a própria vida...
Tem pessoas que não sabem viver na paz, na harmonia, no amor...
Preferem procurar dar causa para que os tormentos apareçam para que continuem a sofrer...
Por isso temos refletir sobre como estamos direcionando o nosso livre arbítrio...
Temos que deixar de sermos sabotadores da nossa vida, do nosso relacionamento, da família...
Tem pessoas que são tão egoístas que não pensam no sofrimento que seus atos podem causar aos outros! E não percebe que ao ser egoísta recebe de volta as conseqüências negativas dos seus atos e por isso acabam sofrendo muito mais...
Espero que o nosso querido irmão Fábio Assunção esteja com a sua doença controlada e que o seu exemplo sirva como alerta...
Que o Nosso Pai Amado nos vigie e guarde do mal que podemos fazer a nós mesmos...


sexta-feira, 15 de outubro de 2010

PURA MAGIA

Foi assim que um dos jurados do Show de Talentos da Grã-Bretanha descreveu a pequena participante Connie Tabolt!
Ela não cativou só os jurados mas a todos do público! Perdeu apenas para Paul Potts que cantou uma ópera magnifíca e fica realmente difícil escolher qual dos dois foi melhor. (tem um post no blog “As aparencias Enganam” sobre Paul)
Ela tinha apenas 6 anos de idade quando catou e disse: “ Cantar me faz sentir feliz! Participar dessa competição é um sonho para mim. Eu não quero que esse sonho pare!”
A música que ela canta (traduzindo) diz algo assim: “Algum lugar além do arco-íris, caminho acima tem uma terra, e os sonhos que você se atreve a sonhar se tornam realidade...”
Ela fez a jurada chorar! E realmente ela passa uma emoção muito grande!!! Só assistindo ao video abaixo para sentir...
------------------------------------------------------------------------------------------------
Para o ônibuuuuuus!!! Essa menina do sorriso banguelo mais lindo que já vi é de arrepiar o burro...
Vou aproveitar e filosofar um pouco agora...
Esse “algum lugar” existe sim! Onde os nossos sonhos se tornam realidade!!! Tem que existir ou pelo menos nunca devemos perder a esperança de encontrar, ou melhor, jamais desistir de sonhar...
A felicidade é minha companheira! Quando algo me deixa triste ou quando a realidade está longe do que sonhei eu arrumo uma forma de ir em busca desse lugar...
E continuo a sonhar!!! Acreditando nas pessoas, na justiça, na fé, na fidelidade, no companheirismo, no respeito, no amor...
A vida perde sentindo quando os nossos sonhos não correspondem com a realidade, parece uma perca de tempo, de objetivo, de amar e ser amada...
E realmente a nossa cantora tem razão quando pede para que aquele sonho não acabe...
Quantas vezes eu já pedi para o “tempo parar” em momentos de felicidade na minha vida, para tentar aproveitar o máximo, já que Chico Xavier diz que as alegrias também passam! E como é rápida!!! Nossa Senhora!!!
E quando os momentos de decepção, tristeza, frustração, desilusão chegam é hora de pedir para o tempo voar...
Tem gente que diz que a felicidade não está nas pessoas ou nas coisas e sim interiormente...
Mas convenhamos! Que existem coisas e pessoas que são verdadeiros destruidores de sonhos alheios e, muitas vezes, essa pessoa construiu esse sonho com você....
E agora o que fazer? Recomeçar? Viajar? Rezar? De ????
Seja o que for fazer lute, busque, SONHE...
Afinal a nossa vida deve ser uma PURA MAGIA!!!
Peçamos ao Nosso Pai Maior que ilumine os nossos caminhos para encontrarmos o melhor caminho a seguir...
Acho que filósofa só na próxima encarnação mesmo... kkk
video

terça-feira, 12 de outubro de 2010

O ORGULHO

Gente! Gostaria de fazer um post diferente nesta data que tem um grande ensinamento para a minha vida...
Quando criança (a foto acima sou eu!) eu adorava o dia das crianças, pois era dia de ganhar presentes e sair com os meus pais...
Meus pais se separaram e meu pai foi morar em Recife com meu irmão mais velho e eu e minha irmã mais nova ficamos com a minha mãe em Fortaleza...
Tinha 12 anos e era dia das crianças e minha mãe prometeu que iria ao clube com a gente, mas começou a jogar baralho com meus tios e disse que não iria mais...
Fiquei revoltada, pois aquele era o meu dia...
E com raiva disse que iria morar com o meu pai...
E minha mãe levou na brincadeira e ficou espalhando a notícia para todos...
E eu continuei forte! Mesmo com o coração apertado falei com o meu pai que iria morar com ele...
E em Dezembro fui para Recife...
Mas até a minha partida esperei minha mãe conversar comigo e me pedir para não ir...
E eu com meu orgulho não voltei atrás...
Tinha que mostrar para ela que tinha coragem de ir...
Mas apesar da situação tenho a certeza que foi de grande aprendizado para mim...
Por ter ido morar em Recife foi mais fácil depois arrumar as malas e ir morar em Brasília/DF e em Tabatinga/AM por causa dos concursos que havia passado...
Um dia escrevi uma carta para a minha mãe contando o que senti, o que esperava dela, a minha consciência pesada de ter deixado ela daquela forma...
Estou morando em Fortaleza e tenho o prazer de estar perto dela novamente...
Ligo para ela umas três vezes por dia...
Chamo ela de minha gatinha e não canso de dizer o quanto a amo...
Tenho grande orgulho dela! Ela é mais que linda e fico toda feliz quando alguém me diz que pareço com ela...
Só tenho a agradecer a Deus por uma família tão maravilhosa...
E hoje tento domar o meu orgulho...
Mas confesso que não é fácil...
E em homenagem a minha mãe abaixo um vídeo com uma música que é a cara dela...


segunda-feira, 11 de outubro de 2010

APRENDENDO COM OS PAIS

Uma mãe sempre falava para o filho que Papai do Céu escutava tudo e que não gostava quando as pessoas falavam nome feio! Dizia, ainda, que no final do ano o presente de Natal é bem grandão, mas que vai diminuindo conforme os palavrões são ditos.
Certa vez a criança foi ao estádio com o Pai para assistir a um jogo do Fortaleza x Ceará. E ao chegar do passeio a mãe toda preocupada perguntou:
- a como foi meu filho você gostou?
- mamãe o jogo foi bom, mas o Papai do Céu não estava lá!
- Por que você pensou isso?
- Mamãe todo mundo falava nome feio.
--------------------------------------------------------------------------------------------
A criança acredita em tudo que os pais falam...
Por isso a importância de ensinarmos coisas boas...
Devemos evitar de passar aquela idéia do Deus bisbilhoteiro aquele que tudo sabe que tudo vê e ainda castiga, que diminui presente, que fica com raiva, que fica triste...
Vamos ensinar as nossas crianças o verdadeiro Deus...
Aquele que ama! Que sempre estar ao nosso lado nos momentos difíceis de nossas vidas...
Um Deus do temor só faz a gente se distanciar...
Procure desde cedo dar importância à evangelização infantil...
Nem que depois quando já puder escolher a sua religião ele se decida pela que a faça uma pessoa melhor...
Sempre ensinando o respeito a todas as religiões, a não julgar as escolhas das pessoas...
Que o Nosso Pai Maior ilumine a todos nós para guiar nossos filhos ao caminho do amor, da caridade, do perdão, da fé...
O vídeo abaixo é de arrepiar! Os nossos filhos aprendem com os nossos exemplos...

sábado, 9 de outubro de 2010

NAMORAR x CASAR

Certa vez minha irmã perguntou para filha dela, então com 4 anos, o que ela sabia sobre qual diferença entre 'casados' e 'namorados':

- “mamãe é o seguinte 'namorados' beijam na boca, e os 'casados', não. Quando eu crescer eu só vou querer namorar... casar não é legal....”

Dificilmente alguém entra em um relacionamento sem um modelo. Alguma expectativa ou fantasia todo mundo tem. O importante é que esse ideal possa ser revisto e adaptado para a realidade do casal, diz Vânia. “A perfeição não existe em nenhum relacionamento. A família perfeita é a que sabe trabalhar os problemas”.

“Comercial de margarina foi só na festa do casamento mesmo", diz Daniella Abolin, casada há sete anos com Wladimir Souto

O ideal de relacionamento de cada um tem origem na família. As pessoas imaginam ter uma vida conjugal igual ou diferente dos pais, de acordo com a impressão que tiverem desse modelo inicial. “Além disso há os valores sociais, religião e cultura que trazem elementos para esse casal imaginário que quem bota a prova são pessoas reais”, diz Vânia. Segundo ela, a satisfação na relação depende de como as pessoas aprenderam a equilibrar expectativas e sentimentos.

Eles são mais felizes que nós

Olhar a grama do vizinho ou um casal da TV pode não ser a melhor opção para medir o sucesso do relacionamento. “O marido da outra é perfeito porque não vive com você”, diz Silmar.

“Todo mundo é feliz publicamente”, diz Fausto. Mas na intimidade cada casal tem seus ajustes a fazer, e a tolerância é imprescindível para uma relação duradoura. O importante é incluir na vida conjugal recursos para lidar com os momentos difíceis, porque a vida em conjunto tem frustrações. “Somos compreensivos, aturamos. O amor não é cego. Ele vê tudo, trabalha tudo, entende tudo”.

Perceber que nem tudo acontece de acordo com o nosso desejo, aponta Vânia, é sinal de amadurecimento da relação, e não de seu fracasso.

Fonte adaptação:http://delas.ig.com.br/amoresexo/casamento+nao+e+comercial+de+margarina/n1237794509337.html

------------------------------------------------------------------------------------------------

Essa foi boa!

Como nós estamos demonstrando os nossos sentimentos para nossos filhos?

Qual é o exemplo de casamento que estamos passando!

Estou no meu segundo casamento e não consigo viver ao lado de uma pessoa sem que exista um sentimento, uma vontade de beijar, abraçar, sair, curtir momentos a dois!!!

Viver uma vida sem sal, sem gosto e com a responsabilidade de um casamento ninguém merece...

Irei casar quantas vezes forem necessárias, mas viver de aparências ou levando com a barriga um casamento sem graça é o fim...

Veja o vídeo abaixo e vamos cantando “Quando a gente gosta, é claro que a gente cuida”!!!